Da Gaveta com “Edson Ferreira”

 

Edson Ferreira nasceu em Brasília, Brasil, em 1972. Iniciou sua carreira
em 2005, com o documentário “Auroras de Ébano”. É pós-graduado em
Linguagens Audiovisuais e Multimídia pela Universidade Federal do Espírito
Santo. Dentre os seus principais trabalhos estão o documentário “Marcas da
Vila” (2010) e a ficção “Sombras do Tempo” (2012). Encontra-se atualmente
na produção de “Entreturnos”, seu primeiro longa-metragem, com lançamento
previsto para 2013.

Confira abaixo o texto “Pulsar” do escritor.

***

PULSAR

Ideias surgem, rompem, irrompem. Não podem ser contidas, mas devem ser domadas. Semear palavras como um desassossego da alma é permitir que a Criação seja refeita com o leve tempero da arte. Hoje eu escrevo, e amanhã transformo em imagens vivas. Cada ponto final é o desabrochar de uma nova letra, Maiúscula de vontades de se lançar às emoções. Roteirizo o que minha mente clama e o coração pulsa. Quero arquitetar os sentidos, e, ao semear a catarse, permito-me que as provocações se tornem o motor do eterno desejo do confronto interno, aquele em que Eu e Eu se digladiam. A única certeza é da imediata metamorfose do velho ao novo Eu, para amanhã teimar em olhar para si e novamente ansiar por aquela catarse que só as palavras podem gestar e transformar em liberdade.

Edson Ferreira